Ação Coletiva ASPL - ultrapassagens na carreira

Esta é a atual estrutura da carreira docente, em vigor desde 2010! Foi com base nela que os professores e educadores que vincularam após 2011 foram, finalmente e bem, reposicionados, com efeitos a 1 de janeiro de 2018!
 
Esta foi também a reivindicação que os sindicatos apresentaram ao Ministério, para que reposicionasse todos os professores e educadores que estão na carreira, independentemente do ano em que ingressaram nos quadros!
 
O Ministério recusou, provocando ultrapassagens que muita injustiça e indignação causam no seio da classe docente. Os sindicatos, entre os quais a ASPL, procuram agora que os tribunais resolvam aquilo que quem nos tutela não foi capaz.
 
Os colegas que pretendam integrar a Ação coletiva da ASPL, para repor a justiça de igual posicionamento na carreira, tendo em conta o mesmo tempo de serviço, contactem-nos o mais breve possível, caso contrário terão de continuar a ter mais 4 anos de serviço, que os seus colegas que ingressaram a partir de 2011, para auferirem, pelo menos, do mesmo vencimento que eles.