Apreciação parlamentar do Decreto-Lei N.º 36/2019

Na sequência da publicação do Decreto-Lei N.º 36/2019, de 15 de março, que afronta, rouba e desrespeita os professores e os educadores portugueses, prevendo apenas a contabilização de 2 anos, 9 meses e 18 dias do tempo de serviço congelado, está agendada para o próximo dia 16 de abril, na Assembleia da República, a apreciação deste diploma, a pedido dos grupos parlamentares do PSD, PCP e BE.
 
Em debate, no dia 16 de abril, estarão as seguintes propostas:
- Apreciação parlamentar N.º 126/XIII/4ª (BE)
- Apreciação parlamentar N.º 127/XIII/4ª (PCP)
- Apreciação parlamentar N.º 129/XIII/4ª (PSD)
- Projeto de Lei N.º 944/XIII/3ª (Cidadãos)
 
Neste dia, a ASPL marcará presença na reunião plenária, na Assembleia da República, bem como os demais sindicatos da plataforma, estando, desde já, os professores e educadores convidados a estarem também presentes neste dia tão importante para a classe docente!