Conferência de Imprensa/5julho: Divulgação dos resultados da consulta, ação e luta imediatas e no início do próximo ano letivo

Organizações sindicais de professores promovem
 
Conferência de Imprensa
5 de julho, 12 horas – Hotel Olissipo Marquês de Sá (Lisboa)
 
Divulgação dos resultados da consulta, ação e luta imediatas e no início do próximo ano letivo
 
 
A luta dos professores continua fortíssima. Há três semanas que ASPL, FENPROF, FNE, PRÓ-ORDEM, SEPLEU, SINAPE, SINDEP, SIPE, SIPPEB, e SPLIU mantêm uma greve que inviabilizou a quase totalidade das reuniões de avaliação que se deveriam ter realizado. Esta enorme luta dos professores, só possível porque é forte a razão que os move e firme a determinação que colocam na concretização dos seus justos objetivos, prevaleceu sobre as pressões e ameaças a que têm sido sujeitos. As organizações sindicais de professores saúdam, por isso, os professores e educadores que são os protagonistas de uma luta que está muito viva.
 
 
Da parte do Governo nada de novo: mantém a sua aparente incompreensão face à justeza das reivindicações dos professores; continua a desvalorizar o trabalho dos professores, a ponto de pretender apagar 1/4 da sua vida profissional; tenta manipular a opinião pública a ponto de afirmar – como fez o Primeiro-Ministro – que ou se resolvem os problemas das populações ou se trata da carreira dos professores; convoca reuniões mas já condiciona o seu conteúdo, como fez ontem o Ministro da Educação, ao convocar as organizações sindicais para dia 11 de julho; continua a desrespeitar o compromisso que assumiu em novembro, a Lei do Orçamento do Estado e a Assembleia da República, que aprovou a Resolução n.º 1/2018, que recomenda ao governo a contagem de todo o tempo de serviço cumprido durante o congelamento.
 
 
As organizações sindicais de professores decidiram avançar com uma consulta aos professores, através da qual esperam reforçar as posições que têm assumido em sede negocial, mas, igualmente, saber quais as perspetivas para a continuação da luta e a sua disponibilidade para se manterem envolvidos. A consulta decorreu nos últimos 4 dias, online e nas escolas, sendo muitos milhares os que deram o seu contributo, o que é muito importante para os sindicatos de professores definirem a sua estratégia negocial e de luta para o futuro.
 
 
Com o objetivo de i) Divulgar os resultados da consulta; ii) Tornar pública a sua posição face à reunião convocada pelo ME para dia 11 de julho; iii) Anunciar as ações a desenvolver ainda no presente ano letivo; iv) Informar sobre as ações e lutas com que se iniciará o ano letivo 2018/2019; as organizações sindicais de professores que estão unidas em plataforma de convergência na ação promovem uma Conferência de Imprensa que se realizará amanhã, 5 de julho, pelas 12 horas, no Hotel Olissipo Marquês de Sá, em Lisboa.
 
 
 
Convidamos os/as Senhores/as Jornalistas a acompanhar esta Conferência de Imprensa.
 
 
As organizações sindicais