Ensino à Distância (E@D) - Recomendações de Segurança e Privacidade

Caros associados da ASPL,
 
Fazendo votos de que se encontrem com saúde, assim como os vossos familiares e amigos, e que ultrapassemos todos da melhor forma possível estes tempos tão difíceis que vivemos, vimos enviar-vos algumas notas, tendo em conta o ensino à distância que teremos de desenvolver neste 3º período!
 
Conscientes que os professores e os educadores darão o melhor de si e que tudo farão para ajudar os seus alunos a continuarem a evoluir nas suas aprendizagens e no seu desenvolvimento humano, pessoal e social, queremos chamar a vossa atenção para algumas cautelas que consideramos importante termos, sobretudo na utilização das várias formas de comunicação à distância com os nossos alunos, por forma a evitarmos alguns problemas que soubemos terem já sido levantados, por parte de alguns encarregados de educação.
 
Assim, consideramos muito importante os professores e os educadores seguirem as orientações recebidas, por escrito, da tutela, das direções das escolas ou dos respetivos órgãos pedagógicos, procurando não irem além dessas indicações no que respeita à forma como desenvolverão o ensino através das várias plataformas disponibilizadas pelas escolas, pois sabemos que quase todas funcionam através da internet e os problemas ligados à segurança e à privacidade, colocam-se com maior acuidade! Por exemplo, a utilização da câmara de vídeo, seria mais cauteloso não ser equacionada no ensino à distância com as crianças e jovens, sobretudo por serem menores, sem a devida autorização dos pais ou encarregados de educação, por escrito, apesar da necessidade sentida pelos professores de interagirem de forma mais pessoal e de poderem confirmar que o aluno está mesmo presente e que é ele que responde às questões que lhe são colocadas!
 
A ASPL tem procurado, junto do Ministério da Educação, que estas questões sejam agilizadas por eles, em articulação com as entidades próprias, nomeadamente a Comissão Nacional de Proteção de Dados, no sentido de fornecerem, às escolas e aos professores, informações claras e precisas do que pode e não pode ser feito no âmbito da utilização das plataformas de ensino à distância! Tivemos na quinta-feira passada, em reunião por videoconferência, a informação do Senhor Secretário de Estado Adjunto e da Educação que o governo estava atento a essas questões e que estavam a ser trabalhadas, inclusive a nível da União Europeia.
 
Solicitamos, assim, aos nossos associados que guardem todos os emails que têm recebido por parte das vossas escolas com as orientações do trabalho a desenvolver com os alunos, no sentido de que, se, por ventura, alguma questão deste teor for levantada relativamente à legalidade/legitimidade da vossa intervenção com os alunos, possa ser justificada, como estando a cumprir o que vos foi indicado ou pedido pelos respetivos órgãos das vossas escolas.
 
Para mais esclarecimentos ou apoio, contacte-nos, através de email, telefone ou telemóvel, pois continuamos em funcionamento diariamente, de manhã entre as 10.00 e as 12.00 e à tarde das 14.30 e as 17.30, a partir das nossas casas.
 
Desejamos um bom 3º período a todos os nossos associados, não obstante as circunstâncias tão exigentes e diferentes em que o temos de desenvolver!
 
Conte com a ASPL!A ASPL, sempre consigo, esteja onde estiver!
 
Montijo, 15 de abril de 2020.
A Presidente da ASPL

Leia também:
 
CNPD - Orientações para utilização de tecnologias de suporte ao ensino à distância
- Recomendações no uso de plataformas que permitem a comunicação Vídeo e Áudio (CNCS)
Mais informações, aqui.