Organizações sindicais de docentes divulgam as formas de continuação da luta, caso o governo se mantenha ausente da negociação

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA 28 DE JUNHO (QUINTA) – 16 HORAS Lisboa
As organizações sindicais de docentes reuniram durante toda a tarde e noite de dia 27, quarta-feira, as respetivas direções. Na manhã de dia 28 (quinta-feira) voltarão a reunir-se e, pelas 16:00 horas, em Conferência de Imprensa a realizar em Lisboa, divulgarão as conclusões das reuniões que se realizaram.
As reuniões centraram-se na apreciação da greve às avaliações, que decorre, e na preparação do futuro próximo, sendo definida a estratégia para levar o Ministro da Educação a sentar-se, de novo, na mesa das negociações. Também estiveram em discussão a continuação da greve em curso, a consulta aos professores sobre o prosseguimento da luta e as ações a desenvolver no início do ano letivo, caso o governo continue a não apresentar propostas que vão ao encontro dos justos e legítimos anseios dos professores, designadamente em relação ao tempo de serviço a recuperar, à aposentação, aos horários de trabalho, entre outros aspetos que têm sido centrais na luta em curso.
 
Lisboa, 27 de junho de 2018
 
As organizações sindicais de professores e educadores