Posição da ASPL face à Greve de 27 de outubro

Caros associados,
Depois de mais de uma década de sucessivos ataques à Administração Pública e aos seus trabalhadores e, em especial, à educação, que, como sabemos, tem sido um dos setores mais afetados pela restrição orçamental dos últimos anos, verificamos, atualmente, que o Governo continua sem real vontade de resolver os problemas dos professores e educadores de Portugal.
Analisando o Orçamento de Estado para 2018, verificamos que os docentes voltam a ter razões de sobra para demonstrar o seu desagrado com o que se tem feito à carreira docente, ao ensino e à educação em Portugal.

Conheça a posição da ASPL no documento em anexo:

Pré-visualizaçãoAnexoTamanho
Posição da ASPL face à greve de27 de outubro.pdf66.41 KB
cartaz greve 2017.pdf939.33 KB