Publicada Portaria N.º 223-A/2018 - “Simplex pedagógico”

Publicada Portaria N.º 223-A/2018, de 3 de agosto: Procede à regulamentação das ofertas educativas do ensino básico previstas no n.º 2 do artigo 7.º do Decreto-Lei n.º 55/2018, de 6 de julho
 
Dúvida houvesse, ficou lamentavelmente esclarecido que o trabalho dos docentes nas avaliações dos seus alunos mais não consiste que um ato administrativo.
 
O Senhor Secretário de Estado, Dr. João Costa, através da Portaria n.º 223-A/2018 de 3 agosto, clarificou as mentes que ainda davam importância a este ato pedagógico:
- Artigo 35.º, Conselhos de avaliação, n.º 5: O funcionamento dos conselhos de docentes e de turma obedece ao previsto no Código do Procedimento Administrativo.
 
Toda a avaliação é simplesmente remitida a um ato sem precedentes, desvalorizando-se todo o trabalho desenvolvido pelos professores, que não passam assim de meros executantes das ordens sabia e “simplexmente” proferidas.
 
 
Visando alcançar outros objectivos que ultrapassam o respeito pela pedagogia, pelo ensino e até pela própria democracia, é imposto mais um simplex de duvidosa qualidade, que em nada enaltece a Educação!