Veja algumas Fotos (1 e 2da manifestação do passado sábado, dia 19 de maio, na qual estiveram presentes milhares de professores e educadores.
 
Resolução aprovada pelos docentes presentes na manifestação

Dezenas de milhar de Professores e Educadores irão manifestar-se, amanhã, em Lisboa
 
A anunciada presença do Ministro da Educação na Assembleia da República (quarta, 23 de maio) faz aumentar a importância desta grande Manifestação Nacional dos Professores
 
Leia mais

Estimado colega professor/educador,
 
Como sabe, no próximo dia 19 de maio (sábado), nós, professores e educadores, manifestar-nos-emos, uma vez mais, em Lisboa, em defesa de condições de trabalho condignas ao exercício da nossa tão nobre profissão: horários de trabalho dentro das 35h (onde para além das aulas, deve estar todo o trabalho individual e na escola, inclusive as infindáveis reuniões) e a exigência de um regime de aposentação adequado ao enorme desgaste, físico e psíquico, que o exercício da profissão docente nos impõe!

Completamente alheio às necessidades da população, que tanto contribuiu para se ultrapassar a crise da Troika, o Sr Primeiro Ministro, ao invés de agradecer o esforço imposto a milhares de famílias e devolver, mesmo que de forma faseada, os valores retidos, ou apenas o tempo de serviço prestado, vem agora ingratamente anunciar que não se devem valorizar os seus vencimentos, mas sim adquirir mais recursos humanos. Está montada a estratégia da desvalorização salarial portuguesa: baixos vencimentos para todos!

Leia mais

Organização do Ano Letivo
Está disponível o Despacho Normativo de Organização do Ano Letivo, que aguarda publicação em Diário da República.

Aplicação disponível
De acordo com aliena e) do n.º 1 do Despacho n.º 6681-A/2013, de 22 de maio, compete à DGEstE autorizar as licenças previstas nos artigos 105.º e 106.º do Estatuto da Carreira Docente, pelo que os pedidos de LICENÇA SEM VENCIMENTO POR UM ANO deverão ser apresentados junto da respetiva Direção de Serviços Regional.

 

Compensação devida pela caducidade do contrato de trabalho em funções públicas
O Tribunal Administrativo e Fiscal de Aveiro deu razão a associado da ASPL, representado pelo departamento jurídico do nosso sindicato, e condenou o MEC a pagar a compensação devida pela caducidade do contrato de trabalho em funções públicas. Não obstante as inúmeras condenações, o MEC persiste em negar o pagamento devido aos docentes; contudo, a ASPL não desiste da luta e relembra que disponibiliza a ajuda do seu departamento jurídico para auxílio aos sócios na defesa dos seus interesses.

Fundação Social Bancária
Um Projeto de Solidariedade.
No apoio aos sócios e familiares.

O SNQTB – Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários, à semelhança da ASPL, é um sindicato filiado na USI – União dos Sindicatos Independentes.
Considerando a importância da Educação na vida das crianças e jovens e consciente das atuais dificuldades económicas das famílias, o SNQTB instituiu a Fundação Social Bancária (FSB), instituição particular sem fins lucrativos, de âmbito nacional, que desenvolve atividades no âmbito da política social, particularmente no apoio às crianças e jovens. 
No âmbito da sua política social, a FSB estabeleceu protocolos com várias instituições de ensino, desde creches e jardins de infância a estabelecimentos do 1º ciclo, de norte a sul do país, incluindo as ilhas.
Atendendo que a esfera de intervenção da FSB é extensível aos vários sindicatos afetos à USI, os associados da ASPL e seus familiares poderão beneficiar das condições acordadas com cada instituição, bastando para tal identificar-se junto da instituição em particular, através do cartão de sócio e entrega de uma cópia do mesmo.

Conheça as instituições protocoladas com valência do 1º Ciclo do Ensino Básico e de Creches e Jardins de Infância.

ASPL fez-se representar pela sua Presidente, Dra. Fátima Ferreira
O Secretário Geral da CESI (Confederação Europeia dos Sindicatos Independentes), Sr. Klaus Heeger, visitou Portugal. Esta visita a Portugal do Senhor Secretário Geral da CESI foi muito importante, depois do Congresso realizado, em Bruxelas, em Dezembro passado, no qual participaram o Presidente da USI e a Presidente da ASPL.
A fotografia que acompanha a notícia foi tirada na sede da ASPL, em Lisboa, no seguimento de uma reunião de trabalho, com todos os sindicatos da USI, na sede da USI, em Lisboa. Na fotografia está a Sra. Dra. Fátima Ferreira, Presidente da ASPL (ao centro), o Sr. Klaus Heeger (à esquerda) e o Presidente da USI - Sr. Dr. Afonso Pires Diz (à direita).