No último dia estabelecido pelos respetivos calendários escolares para o início do novo ano letivo 2022/23, a saber: Região Autónoma da Madeira - Ensino Básico, entre 6 e 9 de setembro e o Ensino Secundário entre 12 e 15 de setembro; Região Autónoma dos Açores: entre 12 e 14 de setembro e em Portugal continental: entre 13 e 16 de setembro, quero desejar a todos os alunos, crianças e seus professores e educadores um bom ano letivo!
 

Leia mensagem na íntegra.

A ASPL foi convocada pelo Ministério da Educação para uma reunião negocial, a realizar-se no próximo dia 21 de setembro, pelas 16h00, a qual terá como terá como ordem de trabalhos: apresentação e discussão dos pressupostos para alteração do modelo de recrutamento e colocação de professores.

Leia Nota à imprensa _ pdf

 
Propostas da ASPL para alterar o Regime de recrutamento e mobilidade do pessoal docente dos ensinos básico e secundário

Principais problemas que a ASPL pretende negociar com o ME durante o presente ano letivo 2022/23


Comunicado ASPL - Na falta de proposta do ME, ASPL apresenta caderno de encargos com 12 principais problemas _ 21/09/2022

 
Síntese da Reunião de 21/09/2022

Ação de Formação de Curta Duração (6 horas) - releva para efeitos de progressão na carreira docente 
 

Destinatários: Educadores e professores dos Ensinos Pré-escolar, Básico e Secundário, oriundos de qualquer grupo de recrutamento.

07 e 8 de outubro (sexta-feira à tarde e sábado de manhã) | 2022 - AVEIRO | ISCIA
 

 

Aceda ao Formulário de inscrições
 
PROGRAMA

Cartaz-oradores
 

Publicado o Decreto-Lei n°41/2022, de 17 de junho, que estabelece o regime de mobilidade de docentes por motivo de doença.
 
COMUNICADO ASPL | 20/06/2022
ASPL recorre à Provedoria de Justiça e à Assembleia da República para pedirem a Fiscalização da Constitucionalidade do novo regime de Mobilidade por doença (MPD)

Ofício enviado à PROVEDORIA DE JUSTIÇA (e Grupos Parlamentares) 

NOTÍCIAS
LUSA/PÚBLICO | Notícias ao Minuto
Professores licenciados levam mobilidade por doença à Provedoria de Justiça

 

ASPL lamenta a aprovação em Conselho de Ministros da legislação que se nos afigura ser “uma corrida
de obstáculos” para docentes portadores de doença grave e invalidante, ou que tenham a cargo
familiar direto com alguma dessas doenças graves invalidantes ou incapacidades

 

 

O Governo ao aprovar hoje o Decreto-Lei que passará a reger a Mobilidade por Doença (MPD), que parece manter a proposta final que entregou aos sindicatos, na última segunda-feira, parece estabelecer, para os professores e educadores portadores de doença grave e invalidante (ou que tenham a cargo familiar direto com essas doenças ou incapacidades) “uma corrida de obstáculos”.

 

 

Comunicado na íntegra

 

 

NOTÍCIAS Diário de Notícias | Observador |  Notícias ao Minuto |

 

 

VERSÃO FINAL DL aprovado em Conselho de Ministros - enviado hoje pela tutela 

 

Cálculo de distâncias (km)