NÃO AOS ABUSOS E ILEGALIDADES NO HORÁRIO DE TRABALHO; O ECD TEM DE SER RESPEITADO!
35 HORAS DE TRABALHO SEMANAL, NÃO MAIS!
 
Ao mesmo tempo que o governo impôs a eliminação de tempo de serviço que os professores cumpriram, o Ministério da Educação nada fez para garantir que os professores apenas trabalhariam 35 horas semanais, conforme regime aplicável à generalidade dos trabalhadores da Administração Pública e também estabelece o Estatuto da Carreira Docente. 
 
Leia Comunicado das Organizações Sindicais de Professores e Educadores
 
Pré-avisos de greve para a semana de 14 a 18 de outubro
Pré-avisos de greve para a semana de 21 a 25 de outubro

No dia 5 de outubro, milhares de professores e educadores desceram a Avenida da Liberdade, em Lisboa, em celebração do Dia Mundial do Professor e em protesto pelas suas justas reivindicações.
 
Foram dez bandeiras, dez cores, dez legítimas e justas reivindicações que os professores exibiram durante o desfile: 1) recuperação integral do tempo de serviço; 2) defesa do ECD; 3) aposentação justa e rejuvenescimento da profissão; 4) horários de trabalho legais; 5) concursos justos; 6) contra a precariedade; 7) contra a municipalização da educação; 8) por uma gestão democrática das escolas; 9) menos alunos por turma; 10) uma educação verdadeiramente inclusiva.
 
Assista à intervenção da Presidente da ASPL, a Dra. Fátima Ferreira, em representação da Frente Sindical de Docentes e conheça Moção que foi aprovada por unanimidade e aclamação.

Caros associados da ASPL,
Na sequência da informação que vos demos no passado dia 15 de fevereiro, relativamente ao apoio que a ASPL está a prestar aos seus associados que se sentem injustiçados pelas ultrapassagens na carreira por parte dos colegas que ingressaram nos quadros após 2011,venho informar-vos que a Direção da ASPL deliberou avançar para tribunal, através do seu gabinete jurídico, com uma Ação colectiva em representação dos seus associados que entendam seguir essa via.
Caso pretenda que o seu nome e a sua situação profissional, na carreira,  faça parte desta ação judicial coletiva, pedimos-lhe o favor de nos enviar a informação e os documentos referidos no documento de autorização, que junto anexamos.
 
Leia mais
[aplicação registo de sócios da ASPL que pretendam integrar ação coletiva]

Caros colegas e amigos professores e educadores,
 
Ontem celebrámos o Dia do Trabalhador, hoje esperamos que o nosso parlamento faça justiça aos milhares de trabalhadores professores e educadores com a resolução definitiva da contagem total do tempo de serviço congelado!
 

Um dos momentos decisivos deste desiderato será mais logo, a partir das 17.00, na Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, onde os sindicatos da plataforma estarão representados!
 
A ASPL também vai estar presente e partilharemos, logo que possível, respetivo vídeo.

A candidatura aos concursos de contratação inicial e de mobilidade interna é precedida de uma inscrição obrigatória, nos seguintes momentos:
 

  • Contratação inicial entre 23 e 30 de abril de 2019;
  • Mobilidade interna entre 29 a 31 de maio de 2019.

Conheça a Tomada de Posição, aprovada por unanimidade e aclamação pelos professores e educadores presentes junto à Assembleia da República em 16 de abril de 2019, onde assistiram ao debate realizado no âmbito das apreciações parlamentares ao Decreto-Lei n.º 36/2019.

Amanhã, 16 de abril de 2019, será um dia muito importante para os professores e para o futuro da sua carreira. Na Assembleia da República, os partidos políticos, no âmbito das apreciações parlamentares apresentadas, irão debater as propostas apresentadas por PCP, PSD e BE destinadas a consagrar, de forma explícita, a recuperação de todo o tempo de serviço cumprido durante os períodos de congelamento das carreiras.

Leia comunicado das Organizações sindicais